Diálogo: um dos pilares dos Contratos Conscientes

daniel-lonn-Regf9o7r_ZM-unsplash

Série de vídeos explana sobre os elementos-chave no processo de elaboração deste tipo de documento

Na criação de Contratos Conscientes, o ponto de partida é uma conversa honesta entre os envolvidos para aprofundar questões relacionais como “O quê”, “Quem”, “Como”, “Quando” e “Porquê”?, com destaque para os porquês do contrato. É a fase inicial e essencial de uma negociação extrajudicial efetiva e sustentável. 

O termo Contratos Conscientes significa uma abordagem aos contratos focada nas relações e nos valores partilhados entre as partes. Também são conhecidos como Contratos baseados em Valores ou Contratos Integrativos. 

No Brasil, a principal referência nessa abordagem é a carioca Fernanda Guerra, primeira advogada licenciada em Contratos Conscientes na América Latina e idealizadora da SER Consultoria. Fernanda é facilitadora de diálogos, sócia do Guerra Advogados Associados, da Medicina da Consciência e criadora da ONG Curaser.

Siga a SER Consultoria:

Instagram | LinkedIn | Youtube

Tem alguma dúvida?